terça-feira, 18 de novembro de 2008

True Love Waits

Bruno está feliz. Tinha um trabalho que ele gostava, estudava na faculdade que ele sonhara estar. Ele havia conseguido tantas coisas e muitas das quais nem imaginava que fosse tão longe. Às vezes sentia saudades de casa, nada que um telefonema não resolvesse, mas era normal, tinha os amigos sempre perto e o namorado mais fofo do mundo ao seu lado.
Aquela tarde ele vira Rafael. E Rafael fora falar com ele, pedir desculpas por ter perdido seu telefone. Ele dizia que não dera o número errado e que talvez a empresa de telefonia estivesse fazendo algum tipo de reparo. Ele não sabia o que acontecera e que era um pena que Bruno não tivesse insistido o suficiente. Bruno ouvira aquilo friamente. Rafael não significava mais nada havia sido apenas um rapaz que ele conhecera na noite, ele estava feliz com Gustavo e seria feliz com Gustavo para sempre. Rafael falava e Bruno deu de ombros, disse que tinha que ir e foi. O mesmo Rafael de olhos penetrantes e barba mal feita o vira se afastar e sentiu uma dor no peito. Deixou cair uma lágrima dos seus olhos porque apenas ele sabia que cometera um erro. De fato ele havia dado o telefone errado. Ele nunca perdera o telefone de Bruno, mas havia jogado fora. Achava que Bruno seria mais um, mas ao vê-lo ali parado a sua frente percebera que aquele garoto havia se tornado um homem especial. Mas agora era tarde, muito tarde. Bruno achou seu amor quando nem pensava que isso fosse acontecer.
Aquela tarde Bruno foi ver seus amigos e depois foi dormir na casa de Gustavo. Viram filmes, comeram pipoca, beberam coca-cola e dormiram abraçadinhos como sempre faziam.
E Bruno não precisava de mais nada.

Esta foi a história de Bruno e pode ser a sua.

29 comentários:

Wagner disse...

Uma hora o protagonista cansa desta coisa super-hype-feliz-hollywoodiana ou vive feliz para sempre ao lado do seu grande amor? Abraços, primo! rs!

DO disse...

Nunca dei tel errado e,felizmente,nunca recebi tbem. Acho tão cretino...

abração,Serginho!!

SAM disse...

Hoje eu não tô podendo ler essas coisas!

Tô sendo um dos personagens..

:(

Edu e Mau disse...

Clap! Clap! Clap!! Mais, quero mais!!! :-)

[Farelos e Sílabas] disse...

...

Viva la vida!
Parabéns!

...

HSLO disse...

Sim...eu quero.

Beijão Serginhooooo

TEAGO S. A. disse...

quem me dera.. que essa historia fosse minha...
quem me dera...

sp disse...

não quero dizer nada!

apenas retribuir o carinho que tens pelo meu blogue!

OBRIGADO, querido amigo!!

um abraço peludo*

T disse...

Você gosta do nome Bruno né?
Beijo

T disse...

eu reparei amor, eu quis fazer uma brincadeirinha. Fica bravo não. :(
Beijos

Râzi disse...

Meu lindo, ainda teve vingança no final!?!?!?!?

Muito linda essa história!

VC tem jeito pra escrever!!1

Beijão!

MANS / ANDRÉ disse...

as coisas simples
são as melhores coisas
e é na verdade
o que fica dentro da gente

Pedro disse...

Adorei toda a história, o sonho é ter um final feliz como o Bruno, mas tb o medo de já ter tomado uma decisão errada como a do Rafael, só o tempo pra mostrar neh...

Adriano Queiroz disse...

Os finais são felizes pq nós paramos de contar a história. hehehe

Barba a fazer, delícia.

Abraços.

Paulo disse...

Sérginho

Venho através do Sitio Peludo onde acho sempre imensa graça aos teus comentários.

És assim: T R A N S P A R E N T E !

E adorei este teu canto, por todas as razões!

Os meus parabéns!

Um abraço e o desejo de toda a felicidade do mundo para TI :)

HSLO disse...

Verdade viu Serginho...por mais que seja as pessoas.

beijão.

Inside Me disse...

dormir abraçadinho? não tem preço! \o/ bjs, serginho, com carinho, yzy

Gui Sillva disse...

a vida é bem mais simples do que a gente imagina.

Klero disse...

e tantas oportunidades são perdidas dessa e de outras formas banais...

Alberto Pereira Jr. disse...

é.. o destino agiu.´. correu e a hist´roia q poderia ter sido linda deles dois, será linda para outro...

::: Luiz AOR ::: disse...

eu quero ser o bruno de algum gustavo.. e achar o meu gustavo para entao ser o seu bruno..
mas ta dificil :(
beeem dificil!

bjo pra vc
saudades aqui
mas voltei rs

::: Luiz AOR ::: disse...

eu quero ser o bruno de algum gustavo.. e achar o meu gustavo para entao ser o seu bruno..
mas ta dificil :(
beeem dificil!

bjo pra vc
saudades aqui
mas voltei rs

DO disse...

Espero que esteja tudo bem por ai,Serginho.

Otima semana à vc.

confissoesaesmo disse...

Eu ADORO finais felizes!
E adorei a história.
Ótima.
Que venham outras.
Bjo, amigo

Marcos disse...

A história do telefone errado não colou pra ninguém...rs...rs.... quem nunca deu um telefone errado afinal de contas..... até em cadastro de politico vc dá telefone errado..KKKKK

Marcos

FOXX disse...

sabe o que mais gostei?

"e pode ser a sua"


bela tapa na kra...

[Emerson Santos] disse...

Algumas pessoas infelizmente não sabem como algumas atitudes podem ter um peso muito grande na vida de outras. Eu sei bem o quanto pesa isso.
Parabéns pela história!

O Menino que Voa disse...

nossa.. por onde eu andava que não tinha visto isso ainda?!?!?!?!!? adorei! final feliz fofinho! :D

BinhoSampa disse...

acabou?!?!? assim?!?!? friamente?!?! tá certo que não pude acompanhar diariamente, mas sempre lia essa estória e gostava.... quero a proxima temporada!!!!!!eu quero!!!!!

Bjs:-)