sexta-feira, 10 de abril de 2009

Parece que foi ontem

Há um ano atrás eu postava aqui pela primeira vez depois de várias tentativas frustrantes de manter um blog. Durante este tempo fiz amigos, deixei de fazer outros, conheci pessoas notáveis, outras nem tanto e encontrei o amor da minha vida.
Há um ano minha vida mudou e está mudando em um processo rápido. Hoje busco o auto-conhecimento coisa que nem me passava pela cabeça porque me julgava demasiado complicado demais para me entender e isto me bastava. Obviamente eu estava enganado. Não me bastava. Nada me basta. Aqui abri meu coração, mesmo que muitas destas vezes não tenha ficado tão claro. Há um ano atrás eu não tinha a mínima ideia que este blog iria se tornar no que acabou se tornando, nem tampouco que conheceria tantos universos distantes e aprenderia com cada um de vocês.
Há um ano eu apenas queria estar feliz. Hoje eu posso dizer que sou.
Eu dedico este post de aniversário para todos que aqui estão presentes na minha vida e que me permitem compartilhá-la da mesma forma que se permitem compartilhar comigo seus momentos. Doces ou salgados, mas sobretudo seus momentos.
Ao meu amor.
Um grande beijo e que venham muitos e muitos anos mais!
Parece que foi ontem, mas já faz um ano.
Um ano justo e digno.
E obrigado ao Alessandro pelo bolo, rs.

terça-feira, 7 de abril de 2009

God Save the Queen

Katharine Hepburn foi escolhida a maior estrela feminina da história do cinema pelo AFI. Recebeu 12 indicações ao Oscar, ganhou 4 vezes, nunca compareceu nestas cerimônias, entretanto assentiu homenagear o amigo Lawrence Weingarten cujo discurso fez questão ela mesma de escrevê-lo. Teve um affair com o milionário Howard Hughes e durante anos viveu um longo romance com o ator Spencer Tracy. Começou sua carreira nos palcos mas logo foi descoberta indo parar em Hollywood. Vale destacar seu desempenho em Morning Glory, Bringing Up Baby, The Philadelphia Story, Dragon Seed, The African Queen, Suddenly Last Summer, Long Day's Journey into Night, Guess Who's Coming to Dinner, The Lion in Winter e On Golden Pond.

domingo, 5 de abril de 2009

A força

Quando decidiu ser atriz Bette Davis [que se estivesse viva faria hoje 101 anos] foi recusada por ser considerada frívola, conseguiu provar que tinha talento indo parar na Broadway e anos depois em Hollywood onde se transformou em uma de suas maiores estrelas. Teve dez nomeações oficiais ao Oscar, cinco destas consecutivas.
Joan Crawford foi dançarina de striptease antes de virar ídolo nos cinemas, ganhou um Oscar e durante anos foi presidente do conselho da Pepsi-Cola. Adotou 4 crianças, mas ao morrer deserdou os mais velhos.



Gloria Swanson começou como figurante e nos anos 20 ja era uma estrela do cinema mudo, entretanto conseguiu manter o sucesso no cinema falado. Em 1950 fez seu filme mais famoso, Sunset Blvd.