terça-feira, 9 de março de 2010

Ordem, Progresso e Justiça

Mário Kosel Filho nasceu em 6 de julho de 1949, em São Paulo. Era filho de Mário Kosel e Therezinha Vera Kosel. Fazia parte do Grupo Juventude, Amor, Fraternidade, organizado pelo Padre Silveira, da Paróquia Nossa Senhora da Aparecida, no bairro de Indianápolis, juntamente com mais de 30 jovens. O símbolo do grupo, ironicamente idealizado por Mário, era uma rosa e um violão. Por ser muito prestativo e preocupado em ajudar as pessoas, principalmente crianças e necessitados, foi apelidado de Kuka, pelos demais participantes do grupo.
Mário estava com 19 anos e prestava o serviço militar. Estava incorporado na 5ª Cia. de Fuzileiros do 2º Batalhão, no 4º Regimento de Infantaria Raposo Tavares, em Quitaúna.
Na madrugada de 26 de junho de 1968 estava no quartel, em serviço, quando ouviu um tiro, disparado pelo soldado Rufino, que fazia a guarda externa do quartel. Saiu para ver o que se passava e foi informado pelo soldado Rufino que o tiro foi para cima, para advertir um automóvel que, em alta velocidade, rompeu a barreira da área proibida ao tráfego de veículos. O motorista do automóvel deve ter se assustado e colidiu com um poste. Mário, preocupado em ajudar possíveis feridos, foi até o mesmo. Ao se aproximar do automóvel, um outro passa pelo local e seus ocupantes lançam uma bomba de grande poder destrutivo.
Mário teve morte instantânea, pedaços de seu corpo foram lançados em todas as direções.
Um dos ocupantes do segundo automóvel era Dilma Rousseff, candidata a presidência, apoiada pelo próprio chefe de estado.

O Brasil não é um país sério. Onde está a justiça? A ordem? O progresso? O lema do país deveria ser seguido por todos e não apenas uma frase posta para enfeitar a bandeira.
É este país que queremos construir? Pensem nisto!
(Texto anteriormente apresentado no blog do Do)

8 comentários:

ManDrag disse...

Estupefacção!

Como podem criaturas assim sinistras chegar ao poder nos dias que correm???

Mete medo!

Beijos

Paulo disse...

Ah sim, a esquerda terrorista da época da ditadura está perdoada hoje em dia, imagina!!

E essa será a provável futura presidente do Brasil!! O que a máquina do governo não é capaz de fazer...

Paulo Braccini disse...

Este post faz jus ao título do blog ... #foraDilmaBucéfala

;-)

António Rosa disse...

Não conhecia a história, mas aplaudo com convicção.

Celso Eduardo disse...

Esta historia devia ser divulgada aos 4 ventos e repassada por todos em suas listas de email,Serginho.

Abração!

DO disse...

Onde vc ve CELSO EDUARDO,entenda como meu o comentario,rsss

Isto que dá usar o pc do mano,rsss

Mauri Boffil disse...

por isso que eu voto nulo

Arsênico disse...

Já não creio mais na política brasileira... ainda lendo um post desses... fico perdido!

Existe salvação ao Brasil? Já que nossos eleitores têem dedos podres!

***

:S