sexta-feira, 4 de junho de 2010

Marina Silva é contra o casamento gay!

Li aqui no Fora do Armário e não podia deixar de compartilhar com vocês:
Marina Silva, candidata dos verdes a Presidência da República, é contra o casamento gay!  Primeiro negou ter escondido a bandeira do arco-íris em um evento político em Minas Gerais e agora veio com a seguinte declaração infeliz: "O casamento é uma instituição de pessoas de sexos diferentes. Uma instituição pensada há milhares de anos. Não tenho uma posição favorável [ao casamento entre pessoas do mesmo sexo]. Mas essas pessoas têm o direito de defender suas bandeiras".
Será mais uma máscara de um político brasileiro a cair? Até quando vamos viver no país do carnaval onde quem nos governa são os primeiros a se fantasiarem? Os gays pagam impostos e votam, mas isto não deve importar a nenhum político brasileiro, afinal, pensam eles, existe uma parada gay uma vez por ano.
Sim, Marina vamos continuar defendendo nossas bandeiras e é uma pena que a sua tenha apenas uma cor!

41 comentários:

Mauri Boffil disse...

Quem e Marina Silva?
E... amei a entrevista!

Paulo disse...

Sim, eu vi isso... lá se foi meu voto! :(

Sergio Viula disse...

Arrasou!!! É isso aí, Serginho. Quanto mais informação para o nosso público e nossos amigos, melhor! Quem dorme no ponto perde o ônibus da história! A gente está acordado e vigilante. ;)

Abraço, garoto!
Sergio Viula
P.S.: Adorei teu blog!

TH disse...

Eu continuo votando na Marina, mais por falta de opções mesmo. Não concordei com a maior parte das propostas dos candidatos remanescentes, e vou seguir com meu voto, apesar de que eu gostaria que ela fosse favoritária à união de pessoas de mesmo sexo. Entretanto a posição "em cima do muro" que ela passa em sua declaração me faz pensar: se pra pessoas inteligentes como ela é tão difícil conceber essa realidade com facilidade, imagine pras antes que habitam aquele Senado? Isso desanima, pois são as pessoas que poderiam promover criação de leis favoritárias - que tem nossa representabilidade para tal.

TH disse...

Corrigindo: "imagine pras antas que habitam aquele Senado"

ManDrag disse...

A esquerda tradicional sempre foi retrograda no pensamento. Não se iludam! Lá por que se é de esquerda não se tem de ser progressista. Tenho até encontrado muita gente progressista nas ditas direitas.
É um dado novo, mas não me surpreende. Afinal vamos ver o passado da senhora e o seu percurso não me parece ter sido favorecido por instrutores mais esclarecidos em termos de pensamento ousado. Ela vem dos povo e das faixas mais tradicionalistas e todos sabemos que o pensamento popular brasileiro ainda enferma de muito chauvinismo.
Meus caros, mais vale estar com os ditos maus, mas que nos defendem, do que apoiar os bons que estão sempre dispostos a nos deixarem apedrejar.

Beijos

jamesp. disse...

Pois é,Serginho.E assim ela acabou de perder meu voto,que vai para a Dilma.
Um abraço,querido.

Visão disse...

Nunca tive simpatia por ela. Sim, eu sabia que ela é "cristã", e isso implicaria ela usar sua fé e ideologia para tomar decisões e quem sabe mudar o texto da constituição que fala da laicidade do estado brasileiro. Iríamos ser protestantes. Então vamos propestar nas urnas o nosso sentimento diante disso: Não, Marina!

Endim Mawess disse...

ela é evangelica tinha que pensar igual eles, mas que ela perdeu muito com isso com certeza.

Guará Matos disse...

A verdade sempre vem a tona.
Sou a favor das liberdades, só não curto drogas e não defendo liberação de porra nenhuma.
Mas, acredito, que as pessoa têm o direito de viver de acordo com suas orientações.
Valeu.

S.A.M disse...

Eu ja sabia disso e inclusive metade do PV entrou em dissidencia e deseja formar um novo partido. Acusam eles de engavetarem algumas bandeiras do partido apenas por causa dela.

Absurdo.

AD disse...

tb lá se foi meu voto.

Edilson disse...

Triste demais perceber que os políticos não pensam em políticas sérias voltadas para as pessoas de maneira geral.Ela simplesmente deu um grande tiro no pé.Infeliz criatura.

T@CITO/XANADU disse...

O amor, como o concebo,
está no poder dos mágicos
nos sonhos dos amantes
nas maõs das crianças...

Não na mão de uma pessoa
que pensa existir
uma pessoa diferente, desigual, superior a todas as outras...

Aqui não há espaço para descrevê-las!


Tácito

Três Egos disse...

Ok, menos uma. Estou ficando cada vez sem mta opção de voto...

Marcos Eduardo disse...

Entaum, pelo menos Marina assumiu (ou deixou no ar) a sua posicao... me pergunto: serah que os outros candidatos fariam o mesmo?! gente, nao estou defendendo... vejam bem. mas serah que a dona dilma (procurem e leiam o post que o serg fez sobre ela) ou o Gargamel Serra pensam diferente?! soh para nao perderem a lideranca na corrida ao planalto? reflitam... nao se deixem enganar!


abraços.

Ana Wants Revenge disse...

maledeta preconceituosa... :/
beijo
.
.
.

Ana Wants Revenge disse...

to te seguindo! ;)
mais beijoooo
.
.
.

Dil Santos disse...

Oi Serginho, tudo bem?
Menino, q absurdo isso né?
Ela é uma vaca, desculpe a expressão, rs.
É uma pena q pense desse jeito, pois s teria lguma chance, acabaram d serem reduzidas.
Ai menino, brigado.
E eu com toda certeza serei um ótimo pai e a criança será alienada se ñ tiver uma base sólida, se os pais ñ lhe passarem o necessário.
Espero mais visitas suas por lá.
Abraços
:)

RAFAEL disse...

Eu ja não ia voltar nessa mulherzinha feia...alias, a Libanesa (http://ahlibanesa.blogspot.com/) tb falou dessa aí, e vale a pena dar uma passada e ler...e o conselho do fim do post é extremamente valido para essa candidata.

abração Serginho...

Inside Me disse...

presidência fica meio sem opção ...
político sempre tem um lado q ninguém ogstaria de ver, até q são eleitos e se revelam, aiiiiiii, meu Deus, agora é q são elas...

carminha disse...

Oi, Serginho :)

O nome de seu blog é "Justo e Digno!", então para ficar coerente vc teria que completar o título do post, né? "Marina Silva é contra o casamento gay no religioso!" Ela é a favor da união de bens entre pessoas do mesmo gênero. Outra coisa muito importante é que isto é uma opinião pessoal dela e não quer dizer que ela vai interferir no caminho que a sociedade quiser tomar. O tempo da ditadura acabou. Graças a nós! Marina não tem perfil autoritário. A questão para ela é religiosa e não política. Ela não poderia ser hipócrita só para ser popular. Para ilustrar o que eu estou falando, sou contra casamento, seja civil ou religioso, entre gays ou não, mas isto não significa que vou interferir na vida de meus filhos se for o caso, né? Acho uma caretice e uma permissão que a gente dá ao estado e a igreja para que interfira na vida da gente, mas cada um faz o que bem quiser. Dá uma olhada no video da entrevista: http://www.youtube.com/watch?v=NrgUeEVS2wU - O blog da Marina tem uma seção de "Fatos e Versões" em que ela esclarece as questões que estão sendo usadas pelos adversários para enfraquecer a candidatura dela. http://www.minhamarina.org.br/ - Abraço!

. intemporal . disse...

.
a
p
o
i
a
d
o
. ganda Serginho!!! .
b
e
i
j
o
s
.

carminha disse...

Compreendo sua posição, Sergio, mas se a gente espera dos outros tolerância com as nossos defeitos, acho que poderíamos ser tolerantes também. É difíci achar uma pessoa sem preconceito, né? De qualquer tipo, algum a gente tem, mas ter a coragem de admitir é que é o x da questão. Marina, se a gente colocar na balança, tem muito mais pontos positivos nas propostas dela do que negativos. Quem sabe se a gente propor a ela um encontro para debater este assunto. Seria legal.

Wall ? disse...

Poxa, Serginho... agradecido pela visita e fico feliz por ter gostado do meu blog :D

Putz, tbm me amarrei no seu blog, cara... fodz!

Quanto à Marina... como representante na luta em prol do Meio Ambiente, é uma pessoa admirável, infelizmente não tive a oportunidade de conhecer as suas outras faces.. enfim!

Normal ela dar a opinião dela, seja ela pessoa pública ou não. Infelizmente, diverge da sua... mas é assim mesmo, meu caro.. nem grila, rs!

Cada um defende o que lhe convém, não é mesmo? Ela apenas expôs a opinião dela, não tentou impor isso a ninguém.. Então, tudo bem, né? ;)

Abraço, e pode deixar que volto mais vezes aqui no blog.. achei interessantíssimo!

Lord V. disse...

sinceramente, comigo ela ganhou mais pontos por defender suais ideias abertamente e nao tentar sair pela tangente como fizeram os outros candidatos.
ela só peca por ser uma candidata a presidencia. SÓ ISSO! (OI?)
eu acho que todos tem o direito de aceitar ou não o casamento gay, mas todos SÃO OBRIGADOS a aceitar a condição dos outros.
eu não vou votar nela. mas pelo menos ela é sincera. e como politica, isso é um elogio. deveria ser obrigação, mas nos dias de hoje, isso é difícil...

abraços
voy

Lobo Cinzento disse...

Desde que descobri que ela era evangélica, já suspeitava desse tipo de posicionamento.

E agora José? Em quem votar?

carminha disse...

Claro que ela é tolerante, Sergio, basta ver a história dela. E sonhadora também :) http://www.youtube.com/watch?v=uyvOI-IZ1pQ

Alexandre Lucas disse...

Perdeu minha simpatia.

K. disse...

Essa mania de brasileiro de apostar em azarão, como se minorias fossem sempre boas, só prova que não entenderam aquilo que ingmar bergman dizia há décadas: as minorias são tão mesquinhas, preconceituosas e separatistas como todos.

Eric disse...

Tem uma campanha de difamação contra Marina e muita gente que tem preconceito contra evangélicos cai facilmente na rede.

Achar que todo evangélico é homofóbico é tão inteligente como achar que todo gay é pedófilo. Gente não acreditam em que tudo que vocês vê escrito. Querem saber da opinião de um candidata é só olhar o discursos e a maneira de votar dela.

A fala dela reportada aqui responde a uma pergunta sobre o casamento religioso. Essa questão cada religião tem que resolver e cada pessoa pode se expressar dentro da seu fé (eu não pois sou ateu!).


Marina Silva não é mesmo porta voz da causa gay. Mas isso seria um motivo para não votar nela? Nenhum outro candidato nunca foi associado a causa gay! Dificilmente isso seria possível num pais com mais de 80% da população hostil a homossexualidade... De qualquer maneira o presidente, parece que é bom lembrar, não faz as leis.... O assunto pertence ao legislativo.

Marina propus um plebiscito sobre a união civil homossexual. Não vejo outra maneira de fazer progredir a causa!

Ruy disse...

Tudo isso só serviu pra mostrar que a Marina ainda é uma candidata despreparada para eleições (o que não quer dizer que não tenha preparo para governar).

Marina deu sua opinião, esquecendo que tá todo mundo procurando pelo em ovo.

Minha opinião é de que depois desse episódio, todo mundo vai se declarar a favor do casamento gay, mas o que pergunto é quem de fato fará alguma coisa para consolidar esse direito?

Eric disse...

Talvez seria interessante ler a esse respeito a entrevista do presidente da ABGLT http://www.movimentomarinasilva.org.br/profiles/blogs/abglt-e-marina-finalmente-o

que diz que a posição da Marina a favor do reconhecimento da união estável corresponde plenamente as revindicações do movimento.

carminha disse...

Pra clarear a "polêmica" sobre a posição da Marina, fala o presidente da ABGLT: http://www.movimentomarinasilva.org.br/profiles/blogs/abglt-e-marina-finalmente-o

dogmanstar disse...

parece telefone sem fio...
também nunca ouvi falar que ela colocaris qualquer oposiçaõ quanto a união civil dos de mesmo sexo, acho que a frase foi mal interpretada e proferida num momento infeliz pois, ainda que o contexto fosse o oposto do que se imagina, ela, enquanto pessoa pública e candidata a governar o país deveria saber que é uma ferida aberta o tema na sociedade e escolhido melhor as palavras ou guardado sua opinião para si ou ainda saído pela tangente como outro tantos fazem.
há que se ver também que misturamos casamento civil com religioso sendo que o primeiro é o que realmente garante perante a lei tudo que é direito.
obviamente, seria ótimo que as crenças pudessem adotar uma postura mais flexível mas falamos de dogmas quase intocáveis e sinto pelos que tem fé e não podem celebrar dentro dela seu amor.
quanto ao Estado, esse precisa urgentement ser totalmente laico

carminha disse...

É mesmo, dogmanstar, parece telefone sem fio :) Mas, acho que não tem muito jeito, a gente só percebe o que se encaixa na nossa crença. Seja religiosa ou não.

Serginho Tavares disse...

Pois é carminha mas quem começou o telefone sem fio foi você mesma.
E de crenças este país já está cheio e por isto mesmo não vai pra frente. Chega de "cristãos" como Marina Silva!
Que elejam um presidentre ateu, quem sabe a coisa anda de vez.

batterie disse...

Quanto mais informação para o nosso público e nossos amigos, melhor

labatterie disse...

Quem dorme no ponto perde o ônibus da história

r4 ds disse...

e vou seguir com meu voto, apesar de que eu gostaria que ela fosse favoritária à união de pessoas de mesmo sexo

Rolex watches disse...

pois são as pessoas que poderiam promover criação de leis favoritárias - que tem nossa representabilidade para tal.