terça-feira, 15 de junho de 2010

O país do futebol

O Binho postou ontem e eu não poderia ficar indiferente a mais este absurdo do governo brasileiro. Leiam com atenção a indignação de um homem de sucesso que se antes merecia nossa admiração pelos feitos conquistados agora ainda mais ao mostrar-se justo. E digno. Com a palavra o Sr. Eduardo Gonçalves de Andrade, ou melhor, Tostão.

"Na semana passada, ao chegar de férias, soube, sem saber detalhes ainda, que o governo federal vai premiar, com um pouco mais de 400 mil reais*, os campeões do Mundo, pelo Brasil, em todas as Copas.
Não há razão para isso. Podem tirar meu nome da lista, mesmo sabendo que preciso trabalhar durante anos para ganhar essa quantia.
O governo não pode distribuir dinheiro público. Se assim fosse, os campeões de outros esportes teriam o mesmo direito. E os atletas que não foram campeões do mundo, mas que lutaram da mesma forma? Além disso, todos os campeões foram premiados pelos títulos. Após a Copa de 1970, recebemos um bom dinheiro, de acordo com os valores de referência da época ..
O que precisa ser feito pelo governo, CBF e clubes atuaram por onde esses atletas é ajudar os que passam grandes dificuldades por, além de Criar e Aprimorar leis de proteção aos jogadores e suas famílias, como Pensões e aposentadorias.
É Necessário ainda preparar os atletas em atividade para o futuro, para terem Condições técnicas e emocionais de Exercer outras atividades.
A vida é Curta, e um dos atletas, ainda mais.
Alguns vão lembrar e criticar que recebi, junto com os campeões de 1970, um Fusca da Prefeitura de São Paulo. Na época, o prefeito era Paulo Maluf. Se tivesse a consciência que tenho hoje não aceitaria. Tinha 23 anos, estava eufórico e achava que era uma grande homenagem. Ainda bem que a justiça obrigou o prefeito a devolver aos cofres públicos, com o próprio dinheiro, o valor para a compra dos carros.
Não foi o único erro que cometi na vida. Sou apenas um cidadão que tenta ser justo e correto. É minha Obrigação."

Tostão, é um ex-jogador de futebol, comentarista esportivo, escritor e médico, e este texto foi publicado em vários jornais brasileiros.

*Inicialmente, o valor negociado para cada um gira em torno de mil salários mínimos, no caso da indenização (465 mil reais), e de dez salários mínimos (4,650 reais), o teto da Previdência, para a aposentadoria.

23 comentários:

Whesley Fagliari disse...

Oi Serginho,

Realmente é algo que se contamos para alguém que não leu a notícia vai acreditar que a loucura é nossa! É inacreditavelmente sujo... Esses caras tinham que andar pelos hospitais e escolas do país para verem onde realmente é necessário investir...

Deixo o meu repúdio!

Luz e paz!!!

Com carinho,
Whesley Fagliari

Sergio Viula disse...

Maravilha, Serginho! Tostão deu um show de cidadania e consciência política! Ele está de parabéns! Enquanto tem gente vendendo a mãe por algum tostão, o grande Tostão não vendeu a consciência! Parabéns a este belo exemplo de civilidade!

Beijão, amigo!
Sergio Viula

Paulo Braccini disse...

Amigo Sérgio ... Tostão foi, é e será um craque na verdadeira acepção da palavra ... muito acima da média ... um cidadão e um ser humano fantástico ... tivéssemos mais alguns dele no Brasil e tudo poderia ser diferente ...

ps: tive o previlégio de conviver com ele qdo menino ... éramos vizinhos no conjunto habitacional do IAPI aqui em BH.

ps: qto ao autor do texto não conheço ... nem no blog do Wagner onde peguei não consta ...

bjux

;-)

Vaca Jersey disse...

O negócio é bola na rede e coxas de fora... hahaha... prontofalei!!!!! E Tostão rulesssss!!! Hugzz!

FOXX disse...

citando nossa qrida vaquinha ai...

Tostão rules!!!

Guará Matos disse...

Só alguém que tem a verdadeira consciência da ética e da cidadania se aprsenta firme e indignado contra mais essa putaria (desculpe-me querido) com o dinheiro público. Uma porção de atletas morreram e continuam tendo suas vidas ceifadas pela miséria e ninguém faz nada (digo o governo). Mas como é um fato que terá os holofotes acesos querem locupletar o cidadão ferrado. Pois, quando se desvia uma verba dessas é no rabo do ferrado que explode o peejuizo.
Parabéns ao Tostão que mais uma vez mostrou o grande nível da qualidade em que foi forjado.

Abraços.

Diego Hatake disse...

Nossa, amei isso... Não tenho nada a crescentar, simplesmente endosso.

HSLO disse...

É isso ai...justo de digno!

abraços
de luz e paz


Hugo

AD disse...

eu quero ser jogador de futebol

Wans disse...

Brasilerio só se liga quando a copa acaba. E se os jogadores trouxerem a taça, nem dessa forma.

dogmanstar disse...

vou esquecer por um minuto que não estou nem aí pro futebol ou qualquer esporte.

prêmio para quê? eles não fazem mais que sua obrigação pois são muito bem pagos pelos patrocinadores, nada mais justo do que ralar mesmo para fazer no mínimo bonito em um evento como esse.

o brasil é o país do football, isso mesmo pois os outros esportes vivem à sombra dele alimentando-se das migalhas que caem das contas gordas do ronaldos da vida.

enquanto querem dar meio milhão para os 'copeiros' tem atleta sem equipamento para treinar, sem dinheiro pra viajar ou ir a competições, não há estrutura nem incentivo ou apoio sendo que muitas vezes as despesas saem do próprio bolso...

quem sabe os 'copeiros' caem em si e abrem mão desta palhaçada e pedem ao governo que realmente fala algo pelo esporte como um todo e não apenas pelo football..

BinhoSampa disse...

Nao podemos ficar calados e condizentes com os que os nossos governantes fazem com o nosso dinheiro.

Bjs:-)

Visão disse...

Eu tb acho uma puta falta de sacanagem ficar dando dinheiro do contribuinte para quem ganhou a copa.

Inside Me disse...

é mesmo de se ficar estupefato com tanta barbárie, "indignação" no sentido extenso da palavra. O digníssimo Presidente dá um aumento "colossal" de 7% aos aposentados, não pode dar mais "senão o Brasil vai à falência" ¬¬º Eu queria e quero mesmo q Ghandi tenha razão³ qd disse: "eu temo pela minha espécie qd lembro que Deus é justo." (yn)
bjs, meu amor, ótimo post ^^)

Mauri Boffil disse...

gente... politica fede

Lobo Cinzento disse...

Pois é. Não consigo nem visualizar tanto dinheiro. E vai ficar tão concentrado assim?

Como pode?

Beijos Serginho!

Edilson disse...

Maravilhosa postagem.Se todos tivessem ao menos a hombridade de Tostão as coisas no Brasil seriam bem mais bacanas.Linda semana...abraços afetuosos.

ManDrag disse...

Então isto não é o país do Futebol?

Nada mais justo que louvar esses heróis divinos que mandam uns chutos na bola e arrecadam milhões mostrando a sua alarvidade de espírito.

Pois que os premeiem de ouro, jóias e todos os luxos. Que lhes ofereçam pensões vitalícias no valor de furtunas. Que os ponham a viver em palácios colossais, tais templos ao luxo e lascívia.

Que lhes ergam monumentos assombrosos e os venerem como deuses que são.
E depois se revejam nas alarvidadas que falam e nos comportamentos de baixaria com que ilustram as suas vidas de vedetas inúteis.

Viva a boçalidade! Viva a imbecilidade! Viva a ignorância!!!

TH disse...

Lamentável ver que um país supervaloriza a cultura esportiva e deixa precários inumeros outros campos que realmente PRECISAM da utilização de verba oriunda de nossos impostos....
Mais um revoltado com essa história...

batterie disse...

Realmente é algo que se contamos para alguém que não leu a notícia vai acreditar que a loucura é nossa

labatterie disse...

Enquanto tem gente vendendo a mãe por algum tostão, o grande Tostão não vendeu a consciência.

Rolex watches disse...

Parabéns ao Tostão que mais uma vez mostrou o grande nível da qualidade em que foi forjado.

r4 ds disse...

tive o previlégio de conviver com ele qdo menino