terça-feira, 18 de outubro de 2011

Fred (TPM de Macho)

O entrevistado do mês é um moço querido, inteligente, bem articulado. Brilha na Blogosfera, ops Blogsville, há um bom tempo e entre uma descoberta e outra da vida, ele passa o tempo lendo Agatha Christie. Um moço com tpm, uma tpm de macho, uma tpm de Fred.

Serginho: Você é considerado, não apenas por mim, mas por toda blogosfera, um moço lindo, tesão, bonito e gostosão. Como encara isto?
Fred: Simplesmente NÃO encaro. Porque não vejo isso como realidade. Claro que o ser humano também é movido a elogios e sempre é afago para o ego quando as pessoas demonstram algum tipo de admiração por ti. Elogio - como digo - não se questiona. Se agradece e ponto. Mas é preciso lembrar que aqui - no universo virtual - nem tudo é o que parece e não basta reluzir para ser ouro. Ser lindo, tesão e bonito não é minha premissa. Eu ainda acho que o mais "gostosão" é o cara que demonstra "opinião"!

Serginho: Antes do sucesso do seu atual blog, seus blogs anteriores estavam sempre entre os mais visitados, porque se desfez deles?
Fred: A questão do (eventual) sucesso dos blog nunca me preocupou... nunca pensei em "ser o mais original", "o mais inventivo" ou "o que fazer para atrair mais visitantes". Interessei-me sim - desde o principio - em criar blogs que me representassem. Quero sempre ver minha personalidade impressa no que me proponho a fazer. Se é para manter um blog ele deve ser uma extensão do meu humor, da minha acidez, das minhas dúvidas, do meu astral e também dos meus defeitos. E justamente por isso os blogs anteriores acabaram tendo fim, pois eu sou cíclico. Vivo me reinventado e - não raras vezes - começando tudo de novo. Hoje o TPM é minha melhor síntese... me satisfaço com ele e - mais que isso - me enxergo nele. Talvez amanhã, claro, as coisas mudem de novo. Mudar nos mantém vivos!

Serginho:Se pudesse, o que mudaria na blogosfera?
Fred: A blogosfera não me diz respeito. Me interesso mesmo é por Blogsville - que é a "comunidade" que escolhi para "morar". E em Blogsville eu não mudaria NADA. Porque Blosgville é perfeita? Não. Longe disso. Nossa "aldeia" transborda bons fluidos e amizades fraternas, mas também tem sua porção de "Cidade do Pecado" com boas doses de intriga, maldade, fuxico, inveja e tudo mais que faz a vida não ser "perfeita", mas ser REAL. E na vida real gostar de algo tem a ver com respeitar o diferente e não querer MUDAR esse objeto de afeto. Se chegar o dia de desejar mudar algo em Blogsville talvez seja o sinal de quem deve se mudar sou eu!

Serginho: Você escreve muito bem, já pensou em publicar?
Fred: Algumas pessoas já sugeriram isso. Se escrevo bem (se é que isso é verdade) é com certeza porque faço por prazer e não por obrigação. Então - por hora - isso não é um projeto que exista.

Serginho: Quais seus autores preferidos?
Fred: Luís Fernando Veríssimo, Martha Medeiros e mais alguns que escrevam sobre as aventuras e desventuras do ser humano e do cotidiano. Para passar o tempo adoro um mistério da Agatha Christie os dilemas da Mafalda (Quino).

Serginho: Como e quando se aceitou gay? Sua vida sexual começou cedo?
Fred: Nisso sou bem radical. Só me aceito como uma única coisa nessa vida: eu mesmo. E esse aceitar passa por ser coerente com minhas verdades e meus desejos. Se num momento da minha história eu senti vontade de saber como era estar envolvido sentimental/sexualmente com uma pessoa do mesmo sexo que o meu eu fui lá e conferi. Conferi, gostei, "virei freguês" e recomendo... hehe! Da mesma forma que fiz isso com o sexo oposto (que também recomendo!) Se para a maioria das pessoas com quem convivo é mais fácil compreender e lidar com essa minha postura me atribuindo uma etiqueta escrita "gay" ou "bi" ou "pan" ou "1001 utilidades", beleza?! Só não esperem que eu faça o mesmo. Não me enquadro, não me formato e não me restrinjo. Quero desvendar tudo e todos que me despertem a curiosidade.
A minha vida sexual não começou cedo. E nem tarde. Começou no momento certo para mim. Foi no dia 23 de novembro de 1993, eu tinha 17 anos e foi com a mulher que - anos depois - eu vim a casar. Não foi nada cinematográfico e nem épico (nenhuma primeira transa é), mas bacana o suficiente para ser ainda hoje uma bela lembrança.

Serginho: Você mantém um relacionamento estável há um bom tempo. Como se conheceram e o que diria pras pessoas que estão à procura de sua alma gêmea? Ela existe mesmo?
Fred: Eu só vivo (com raras exceções) relacionamentos estáveis. Sou um homem "das antigas" e não faço amor por fazer... hehe! Como eu disse no TPM, quando fiz um balanço contabilizei que dos meus 35 anos de idade, 17 tinham sido "casado" com alguém. O marido da vez veio por intermédio de uma amiga alcoviteira que nos apresentou numa festa em Porto Alegre. Bendita amiga... hahaha!
Para quem ainda procura sua alma gêmea meu conselho é um só: pare com essa besteira agora mesmo. Não existe alma gêmea. E se existisse - imaginem o porre que seria! Quem em sã consciência vai querer um "par perfeito"?!? É nas diferenças, nos perrengues e nos antagonismos que a verdadeira atração exerce seu poder. Enquanto a pessoa fica nessa fissura de "alma gêmea" procurando esse espécime que paga as contas em dia e lava as dobrinhas no banho, deixa passar várias oportunidades que estão bem do seu ladinho. Parafraseando o Veríssimo: às vezes a "pessoa certa" é a "pessoa errada"!

Serginho: O concurso de cuecas na Vaca Jersey foi um sucesso, pensa em repetir?
Fred: Quem sabe, né? Não vou dizer que a idéia já não me passou pela cabeça... hehehe! Precisamos fazer uma enquete saber o que o público acha, nzé? De repente uma versão "Sunga de Ouro"... hehehe!

Serginho: Quem você fotografaria para a Vogue? E para a G Magazine?
Fred: Brandon Flowers (The Killers) para a Vogue e um especial com os blogueiros de Blogsville para a G Magazine... hehehe! Se eles não toparem pode ser o Ryan Reynolds então!

Serginho: Qual música melhor retrataria seu momento agora?
Fred: Hummmmm... agora tô ouvindo bastante MoneyGrabber (Fitz and the Tantrums), mas a minha música de todos os momentos continua sendo Beached (Orbital)

Serginho: Se tivesse um super poder, qual seria e por quê?
Fred: O poder de me fazer entender. Muitas vezes tu postas numa perspectiva, o leitor interpreta diferente e fico naquele desconforto de não ter conseguido (me) comunicar plenamente. Ou poderia ter o poder de me materializar nas casas dos amigos de Blogsville e finalmente conhecê-los pessoalmente. Quem sabe, nzé?

Serginho: Quem seria o diretor do filme de sua vida e por quê?
Fred: Com certeza Tim Burton. Porque curto seus filmes e sua estética. Também porque faço questão de perceber minha vida com tons fantasiosos e mágicos - conceitos que estão sempre presentes nas obras de Burton. Além de que provavelmente o Johnny Deep faria meu papel... juuuuuuuuura, nzé! Hahahahahahahahaha!

Serginho: Medos? Arrependimentos?
Fred: Medos só os mais básicos: finitude das coisas, perder as pessoas que amo, etc... E arrependimentos acho que são poucos. Não pelo clichê do "só me arrependo daquilo que não faço", mas porque (por menos racional que eu seja) normalmente eu só invisto naquilo que realmente me interessa e vai me render bons frutos. Sim, sou desses!

Serginho: Obrigado pela entrevista querido, foi um grande prazer, gostaria de dizer algo para seus fãs além do tamanho do dote? Dizem que é imenso, é mesmo verdade?
Fred: Agradeço pelo convite, pela oportunidade e pela distinção de figurar entre os entrevistados do Justo & Digno. Para meus "fãs" não vou dizer nada, porque não fiz "fãs" em Blogsville. Aqui eu fiz amigos. E a eles eu agradeço pela parceria e pelo espaço que eles me concedem nas suas vidas. E quem quiser saber do tamanho do dote, manda e-mail que eu envio fotos exclusivas da anaconda.. hahahahahaha!
Valeu, galera! Valeu, Serginho! Hugzzzz para todos!

28 comentários:

alan raspante disse...

gostei da entrevista, principalmente das respostas.

bacana!

Dan disse...

ahaha. eu sou seu fã sim. nem tenho como negar.

adorei!
bjo garoto tpm!

António Rosa disse...

Serginho,

Decididamente, vou ter que conhecer o blogue do Fred.

Amei a entrevista, pela pessoa inteligente e sensível que parece ser e, também, porque finalmente, encontrei alguém que afirma: «Não existe alma gêmea.» Há muitos anos que venho dizendo isso.

Que bela entrevista! Parabéns a ambos.

Gato Van de Kamp disse...

Pessoa que amo.. Do jeitinho que Deus fez... Engulo tudo e me viro com os colaterais...

Lua Nova disse...

Bom se eu já era apaixonada, agora então, babei!! Serginho, adorei a entrevista... Fred, vc tem amigos, certamente, mas tem fãs também e eu sou uma delas. Acho que vc está certíssimo sobre essa coisa de alma gêmea e acho que a gente encontra a pessoa certa pra aquele momento da vida dos dois; e que seja eterno enquanto dure! Como disse o Caio, homossexualidade não existe: existe sexualidade... o resto é circunstância...
Beijokas, Serginho, adoro seu blog e é muito bom conhecer um pouco mais das pessoas que a gente aprendeu a gostar.
Fred, to contigo e não abro, paixão.
Beijokas.

Ricardo disse...

Bela entrevista, e eu também me considero seu Fã Fred!
É sempre bom saber mais sobre a opinião de pessoas como você!
Gostei muito da entrevista Serginho.
Abraço

Paulo Braccini - Bratz disse...

Parabéns ao Serginho e ao Fred. Ficou legal a entrevista ... como diria o Edu ... SUPIMPA.

teago de assumpcao disse...

kkkkk gostei da entrevista....

Wans disse...

É mesmo uma vaca esse Fred. bacana que essa entrevista veio a calhar após a nova fase dele. Fiquei contente em saber mais sobre o blogueiro. E ele sabe que já mora dois palmos abaixo do meu coração. rs

Edu disse...

Já usaram meu "supimpa"... :-( Bom, mas tá valendo, porque Fredinho É supimpástico!! Materialize-se aqui djá e meu email você já tem!

Dan disse...

serginho!! vc é a Gabi Gabriela dos blogs!
rs
adoro!

Cores da Crise de meia idade! disse...

Serginho e Fred
Cultura,entretenimento e seriedade!
Arraso total
Bjao

Cara Comum disse...

Esse Fred é mesmo uma figura!! Que eu gosto, com seus melhores defeitos e piores qualidades... Hahahahaa

G.Reis disse...

Além de bonito, o cara é inteligente. Parabéns!

HOMOTOON disse...

Legals! E a gente já reparou que Fred faz a "Madonna".

Luna Sanchez disse...

Delícia esse Fred, néam? Lindo, sensível, espirituoso, inteligente...

Adorei tudo e sobre alma gêmea eu acrescentaria que, depois de tomar consciência de que não existe, o passo seguinte é parar de procurar essa ou qualquer outra alma porque, na minha opinião, gente que procura acaba transpirando desespero com feromônio e assim espanta os possíveis pretendentes.

As pessoas mais interessantes que conheci e com que tive os relacionamentos mais bacanas, encontrei por mero acaso, não estava procurando nada.

Beijos pra vocês dois.

Lobo disse...

Lindo, tesão, bonito e gostosão! Hahaha

Eu penso da mesma forma sobre publicar. Quando a diversão vira obrigação perde muito do charme... então please, continue trabalhando de graça hahaha

Beijos aos 2!

AleX nObre ® disse...

Seus entrevistados são sempre lindos e gostosos?

。♥ Smareis ♥。 disse...

Adorei a entrevista Fred,Parabéns! sou sua fã desde quando conheci seu blog.Foi bom saber mais um pouco de ti. Luís Fernando Veríssimo, Martha Medeiros também são alguns dos meus autores preferidos.Parabéns pelo entrevistador,muito bem conduzida as perguntas, e as resposta muito bem colocada... nota mil!
Beijos no coração.

Fred disse...

Valeu Serginho!!!! Ficou bem bacana mesmo! E agradeço também a todos que comentaram! Hugzão!!!!!!!

Cara Comum disse...

Só pra constar: gostei da entrevista e como ela foi conduzida por vc, Serginho. Escrevi algo assim lá no "TPM", mas não enderecei diretamente a quem seria o alvo do elogio, hehehehe.

E fiz o contrário também: elogiei o Fred aqui pela entrevista, mas aqui e não na "casa" dele...

Produção, cadê o meu remedinho?

Dil Santos disse...

Oi Serginho, tudo bem?
Menino, adorei a entrevista, achei o máximo. E Fred é sem comentários né? Uma pessoa incrível, ácida as vezes, adoro isso, parece eu kkkkkkkk
Fora tu, q tbm é sem comentários, alguém super querido.
Bjo menino, se cuida heim?

Will e Fá disse...

Ei Serginho,
Vim conferir a entrevista do Fred. Conheci o blog TPM de Macho a pouco tempo e gostei muito de conhecer um pouco mais dele.

Seu blog é bem bacana também.
Voltarei mais vezes.

Beijos,
Fá!

ManDrag disse...

Parabéns aos dois pela entrevista! Prazer em conhecer.

Beijos

Edilson Cravo disse...

O Fred é um queridoooooo e merece o carinho Serginho, acho o blog dele umas das coisas mais bacanas no cenário de blogs. Abraços a ambos. Arrasaram. Adorei.

melo disse...

porra...

emudeci....aplausos

Woof Brazil disse...

Ele também recomenda o sexo oposto. Isso que é uma pessoa democrática =)

Ro Fers disse...

Putz! Que bacana a entrevista, é sempre bom saber um pouco mais afundo das pessoas que de alguma forma "conhecemos intimamente" na blogsville.
Perfeita sua definição sobre a blogsville: (..)" tem sua porção de "Cidade do Pecado" com boas doses de intriga, maldade, fuxico, inveja e tudo mais que faz a vida não ser "perfeita", mas ser REAL" (...)

Nem sabia que ele já tinha sido casado com mulher...
Bacana, na vida toda experiencia é válida...

Abraços!!