sábado, 21 de janeiro de 2012

Vem cá, Luiza!

Percebi que algumas pessoas não entenderam o post anterior. Tive a intenção de ironizar todos aqueles que deixam de lado o talento (ou a falta do mesmo) para apenas querer aparecer.
Enfim, vamos prosseguir...
Até o presente momento eu preferi não me pronunciar aqui a respeito do tal caso BBB porque sinceramente encheu o saco e também porque não sei se o rapaz estuprou ou não e nem vou aqui me deter nesta questão. Para tal eu teria que ter visto o vídeo e não gostaria de fazer pré-julgamentos. O que quero dizer é que, pelo menos para mim, parece que todos se esqueceram que uma emissora de TV é antes de tudo uma prestadora de serviços. Segundo a que exibe o programa, o modelo foi expulso por comportamento inadequado, mas o que seria isto? Um comportamento inadequado leva a uma série de indagações porque muitas coisas podem ser consideradas inadequadas e isto vai depender de cada pessoa. Em momento algum nenhum dos milhares de espectadores que veem o tal programa (eu não vejo, mas grande parte das pessoas que convivo assistem então não tem como fugir das notícias a respeito) foram informados qual seria este comportamento inadequado. Um dever da emissora. Porque ele foi expulso? A emissora informa que o motivo era preservá-lo para que ele pudesse estar a disposição da polícia para esclarecimentos e etc, etc, etc, mas e quanto a mulher?  Ela não tinha que fazer o mesmo? Tudo isto me pareceu muito estranho e pior ainda é ver todo um país parar! Até a Luíza voltou do Canadá.
Prefiro ficar com o vídeo abaixo:


7 comentários:

anonimo.com disse...

Falou e disse!

bjuz querido!

HOMOTOON disse...

^__^ Francamente, não sei o que é pior... Já que até o jornal do vizinho, está se dando ao trabalho de "divulgar" os fatos. Kekié dizé tá bem, né!? rs

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

ih meu amigo! eu tb fiz um post reclamando q to de saco cheio do pessoal de outros países (q convivo aqui) me perguntar do BBB e o estupro. E reclamei do blog.

Dai já teve pessoas que entenderam tudo errado, que eu tava difamando o Brasil, que japonês (e nem era japonês que tava perguntando do BBB, pq aqui nem tem big brother rs) é desocupado, afff rs.

com isso a gente entende pq essas bobagens fazem tanto sucesso, é que tem mta cabecinha fraca, bem burrinha, que acha isso tudo o máximo rs.

grande abraço meu queridão!

Lobo disse...

Sei lá. Achei o vídeo do Carlos Nascimento de um mau humor ímpar. Tá certo, tem muita coisa errada nessa história do BBB, mas essa história de movimento "anti-qualquer coisa", querendo ou não também é uma forma de tentar aparecer.

Beijo Serginho.

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

BBB é a nata to lixo ... se houve algo de errado teria q ter explicação sim ... este comportamento de uma pseudo atitude da Globo só veio depois q o assunto virou hit na net e q a polícia e o MP entraram na história ... o mais grave ... se houve mesmo o tal estupro pq a globo na hora do episódio não interviu e tomou as providências devidas? mas não ... aproveitou do caso como sempre para angariar audiência ... outras aberrações patrocinadas e incentivadas pela produção não são indadequadas? baladas sem fim movidas a alcool, sexo incentivado entre os participantes, enfim ...

Luíza, apenas uma brincadeira de alguém extremamente perspicaz ... uma brincadeira q virou moda só isto ... mas aí vem um tal de Sr Nascimento, q deve ser uma pessoa muito SOFRIDA fazer uma papelão daquele ... o q tem uma coisa com a outra? vamos ser conscientes sim mas tb vamos ser alegres tb ... ist não faz mal a ninguém ... Lembro ao Sr Nascimento q todos os dias qdo acaba o Jornal ele convida a todos ... e "Agora fiquem com o Programa do Ratinho"! Ele está certo ... já fomos bem mais inteligentes ...

Alan Raspante disse...

Eu até tentei pensar sobre o assunto quando ocorreu, mas sabe? Acabou enjoando. No final, apenas Globo saiu ganhando. Afinal, o BBB ganhou uma visibilida abrangente e Sônia Abrão ganhou uma pauta.

Se ele estuprou ou não, eu também não sei, mas nem a vítima sabe... Aí fica difícil, né?!

Estou com o Carlos Nascimento! rs

ManDrag disse...

No tempo de Marx a religião era o ópio do povo; agora é a televisão.

Beijos