domingo, 26 de fevereiro de 2012

Oscar® - Filme

O Artista 
Thomas Langmann, Produtor
Como a era dos filmes mudos se aproxima do seu fim, dois atores encontram suas carreiras e sua relação influenciadas pela vinda das imagens que falam. Enquanto o popular astro George Valentin resiste à transição para o som, a jovem  Peppy Miller encarna uma era moderna que está deixando para trás Valentin.

A Árvore da Vida
Sarah Green, Bill Pohlad, Dede Gardner and Grant Hill, Produtores
A impressionante história de uma família no Texas na década de 1950. O filme acompanha a jornada do filho mais velho, Jack, através da inocência da infância até sua desiludida vida adulta, enquanto ele tenta conciliar um relacionamento complicado com seu pai. Jack é uma alma perdida no mundo moderno, procurando respostas para as origens e o significado da vida, enquanto questiona a existência da fé.


Cavalo de Guerra 
Steven Spielberg and Kathleen Kennedy, Produtores
Homem compra um cavalo puro-sangue ao invés de um animal de arado, mas quando seu filho adolescente, Albert, treina-o e o dá-lhe o nome de Joey, os dois se tornam inseparáveis. Quando perde sua colheita, o agricultor tem que vender Joey para a cavalaria britânica. Muito drama spielberguiniano depois, o filme lança a pergunta: será que os dois amigos se reencontrarão?


Os Descendentes
Jim Burke, Alexander Payne and Jim Taylor, Produtores
Quando Elizabeth King fica em coma após um acidente, seu marido Matt se vê obrigado a cuidar sozinho de suas duas filhas, enfrentando ao mesmo tempo uma difícil decisão financeira que pode colocá-lo em desacordo com outros membros da família.


Histórias Cruzadas
Brunson Green, Chris Columbus and Michael Barnathan, Produtores
No clima racialmente carregado de Jackson, Mississippi, em 1963, um jovem branco sulista convence um grupo de empregadas negras para relatar suas experiências de trabalho em famílias brancas. As histórias que eles compartilham refletem as desigualdades sociais devastadoras que rege cada aspecto da vida de Jackson, e colocam as mulheres em risco de represálias por parte de seus empregadores.


O Homem Que Mudou o Jogo
Michael De Luca, Rachael Horovitz and Brad Pitt, Produtores
Na sequência de uma perda devastadora para o New York Yankees nos playoffs de 2001, o gerente geral dos Oakland Athletics, Billy Beane e seu assistente, Peter Marca, elaboram uma fórmula baseada em estatísticas para a escolha de potenciais jogadores. Incerto de suas chances de sucesso e seguindo um plano que desrespeita a sabedoria convencional de beisebol, Beane prepara-se para reconstruir a sua equipe.


A Invenção de Hugo Cabret 
Graham King and Martin Scorsese, Produtores
Hugo Cabret é um menino órfão que vive na estação de trem de Gare Montparnasse em Paris nos anos 30. Quando não está iludindo o inspector vigilante da estação, o garoto secretamente mantém seus muitos relógios em execução, ou está a mexer com um autômato que pertencia a seu pai. Alem disso Hugo observa a vida das pessoas que trabalham na estação incluindo um ranzina da loja de brinquedos chamado Georges Méliès.


Meia-Noite em Paris 
Letty Aronson and Stephen Tenenbaum, Produtores
Em uma viagem à Paris com a sua noiva, um roteirista se vê cercado pela nostalgia de Paris dos anos 1920, quando artistas e escritores se reuniram na Cidade Luz em um período célebre de criatividade. Para ele, o romance da época passada exerce uma força que o coloca cada vez mais em desacordo com a sua impaciente e sem imaginação futura esposa.


Tão Forte e Tão Perto 
Scott Rudin, Produtor
Um menino que pode ter a síndrome de Asperger têm de lidar com a perda de seu pai no 11 de setembro. Quando Oskar descobre uma chave entre os pertences de seu pai, ele se convence de que encontrar a fechadura que abre o ajudará a entender a tragédia da morte de seu pai.

2 comentários:

Táxi Pluvioso disse...

A indústria americana na eterna luta pela supremacia cultural, para mim, os Oscares servem como orientação dos filmes que não perco tempo a ver. boa semana

Vanderson disse...

Desses eu só a "árvore da vida" e óo não gostei!! Muito chatoo... Será que sou burro?? Enfim...
Abraçoooo!!