segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Resumo da Ópera, ops, do Oscar!

E aí pessoal? O que acharam do Oscar? Gostaram? Não assistiram? Bem, a cerimônia este ano foi repleta de números musicais, para quem gosta um verdadeiro prato cheio! Eu confesso que sou desses! Pra começar o mestre de cerimônias, Seth MacFarlane cantou (e o cara canta bem) primeiro num número engraçado sobre peitos, depois tendo como companhia o bailado de Charlize Theron com Channing Tatum. Foi lindo e eles flutuaram no palco. Depois Seth se une a Daniel Radcliffe e Joseph "Gostoso" Gordon-Levit em mais um número fofinho. Logo depois ao apresentar a homenagem aos 50 anos de James Bond quem surge? Ela, Shirley Bassey com sua inesquecível performance de Goldfinger. E os números músicas não pararam por aí. Eis que Catherine Zeta-Jones mostra que continua em forma ao apresentar o número de abertura de Chicago, era a homenagem aos musicais mais recentes. Mas a coisa esquentou mesmo quando JenifferHudson provou porque é uma das grandes cantoras da atualidade e provou mais ainda que ela pode ter perdido o American Idol, porém ganhou um Oscar, rá! Sua apresentação foi emocionante, assim como o medley de Les Misérables que de miseráveis não tem nada, basta somar a conta bancária de todo o elenco que estava no palco e cair pra trás, brincadeiras a parte, eles são bons e ao vivo melhor ainda. Adele foi outro número bacaninha e bacanão mesmo foi a diva Barbra Streissand  cantando The Way We Were em homenagem ao amigo Marvin Hamlisch falecido ano passado. 


O mestre (gato) de cerimônias foi divertido e acima de tudo soube conduzir a festa. Gostei dele, fugiu do habitual. Quanto aos prêmios foi o que se esperava: Argo venceu por melhor filme e Ben Affleck emocionadíssimo agradeceu a pai, a mãe, ao cachorro, ao papagaio e a periquita da mulher dele que anda muito satisfeita tendo sempre a visita daquele homão. Daniel Day-Lewis foi o melhor ator, mesmo eu não tendo o menor interesse em ver esse filme, Daniel é um tipo de ator raro neste ramo, nesta indústria, que não parece  se achar o máximo mesmo sendo, Christoph Waltz foi o melhor ator coadjuvante repetindo as falas de seu personagem no agradecimento e tendo que chupar o Tarantino o resto de sua vida, afinal quem era ele a noite antes de Tarantino aparecer em sua vida? Aliás, quem é ele sem Tarantino? Se ele não quiser eu chupo, sou desses. Continuando, Anne Hathaway foi mesmo a melhor coadjuvante cantando com voz embargada. E eu adoro a Anne. Jennifer Lawrence foi a melhor atriz e ficou tão emocionada que tropeçou  na escada que levava ao palco, tadinha, mas ela pareceu nem se importar ou disfarçou muito bem, afinal ela tinha um Oscar, eu iria tropeçando, dando voadora ou pulando de um pé só se um dia ganhasse um! Ela é  atrapalhada, mas é fofa, apesar que torcia pra Jessica Chastain. Adele ganhou pela canção de Skyfall, Anna Karenina teve o melhor figurino, Valente foi a melhor animação, Amor, o melhor filme em língua estrangeira, As Aventuras de Pi, obteve os prêmios para os melhores efeitos especiais, melhor trilha sonora, melhor fotografia e o melhor diretor, Ang lee (dançou Spielberg). Enfim, tudo barbada e surpresa mesmo apenas na categoria de melhor edição de som com um empate entre A Hora Mais Escura e Skyfall. Achei justo.
Enfim, foi este o resumo e logo mais posto na página do JED no facebook, as fotos bafônicas da festa. Mwah!

13 comentários:

Alan Raspante disse...

E e jurando que o Christoph Waltz não ganharia! Gente, ele ganhou o dele esses dias atrás, hahaha

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

não assisti e nem sabia o resultado ainda ... rs ...

gostei mesmo foi do resultado do prêmio Framboesa dos piores ... rs ... acho q o nome é este mesmo né? rs

bjão

melo disse...

Bem que poderia ser mais cedo, horário ingrato esse mas, vá lá.

assistimos até Shirley Bassey roubar a noite, não teve mais nada depois, acredite!

de resto, acho mesmo que é uma festa que todos amam odiar e vice-versa, fecho com o Bratz: O Razzie é bem mais legal!!

Achei justo 'Argo' ganhar, de resto nada demais..

Fred disse...

Não vi nada! Tava na cama dormindo. Ou não. Hehehehe! Preciso do JED pra me interar... hehehe! Bjos!

Wanderley Elian Lima disse...

Não vi. Tenho que dormir cedo, para manter o frescor da pele rsrsrsrs
Bjux

António Rosa disse...

Serginho

Adorei a sua escrita e não faltou nada na sua crónica. Está lá tudo.

O que por aí vai de indignação hipócrita sobre as mamas das meninas. O Seth sabe-a toda. Chegou e 2 minutos depois tinha a imprensa de todo o mundo [e as mentes fraquinhas] a «gemerem» por causa das mamas das meninas. Foi genial.

Adorei a forma como como o Waltz agradeceu.

Abraço.

HOMOTOON disse...

Preguiça de ler sobre o Oscar, confesso! Post os vencedores Naked e ficarei maix felix

FOXX disse...

eu nem vi, acho q teria gostado.

superficialevulgar disse...

confesso q dormi, hahaha

Fred disse...

Piroca de Ouro?!? Não dá idéia, Serginho! Hahahahaha! Bjs!

Diogo Didier disse...

Vi bem depois o resultado do Oscar, pois não tive como assistir no dia. Na verdade, esse evento é tão (im)previsível que me canso só de pensar nas apostas que costumo fazer anualmente e que não se concretizam!

Mr. TV disse...

:)

Mr. TV disse...

ótimo post! hehehe, mto bom